Tribunal sul-africano emite mandado de prisão de Jacob Zuma

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


JOANESBURGO (Reuters) – Um juiz na África do Sul emitiu um mandado de prisão na terça-feira para Jacob Zuma, o ex-presidente, por não comparecer em tribunal por um caso de corrupção que ele tenta evitar há meses, mais recentemente afirmando que está doente.

O mandado, solicitado pela Autoridade Nacional de Promotoria, não entra em vigor até que o caso seja retomado em 6 de maio, informou a South African Broadcasting Corporation.

Diz-se que Zuma está em Cuba buscando tratamento médico, segundo a emissora estatal, mas o promotor solicitou que seus registros de saúde fossem mostrados como evidência de sua alegação de que ele está doente.

Um dos promotores, Billy Downer, disse ao Supremo Tribunal de Pietermaritzburg que a equipe jurídica de Zuma havia dito que o ex-presidente estaria fora do país para tratamento até meados de março, informou a imprensa local. Segundo a equipe de Zuma, ele teve duas operações no início de janeiro antes de ir para o exterior. Mas o juiz questionou uma carta de um hospital militar na capital administrativa, Pretória, explicando a ausência de Zuma, observando que não havia data.

Um advogado de Zuma, Daniel Mantsha, disse à emissora estatal que seu lado não estava satisfeito com o mandado de prisão.

“Isso está enviando uma mensagem errada de que nossos tribunais não têm simpatia, compaixão e isso não é algo que deva ser comemorado”, disse ele.

A equipe médica de Zuma determinará sua aptidão para comparecer perante o tribunal em maio, acrescentou Mantsha.

Não ficou claro quando o ex-presidente retornaria de Cuba. Segundo o Departamento de Justiça da África do Sul, os dois países negociaram, mas não assinaram, um acordo de extradição.

Leia Também  Para aplicar as regras do coronavírus, a polícia do Reino Unido usa proibições de drones, vergonha e ovos de Páscoa

Zuma, 77 anos, cujas apresentações no tribunal foram marcadas por discursos desafiadores, cantos e danças de multidões de apoiadores, desapareceu em segundo plano, já que seus desafios legais às acusações de corrupção diminuíram.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

No final do ano passado, um tribunal rejeitou a tentativa de Zuma de apelar de uma decisão que abriu caminho para que ele fosse processado. Ele é acusado de receber subornos do fabricante de armas francês Thales por meio de seu ex-consultor financeiro Schabir Shaik, que foi condenado por fraude e corrupção em 2005.

Zuma nega as acusações de corrupção, lavagem de dinheiro e extorsão relacionadas a um acordo de armas de 1999 quando ele era vice-presidente. Ele disse que seu caso foi prejudicado por longos atrasos em levar o assunto a julgamento. Ele também fez reivindicações de interferência política.

As acusações contra Zuma foram inicialmente apresentadas pelos promotores há quase uma década, em uma decisão contenciosa que abriu caminho para ele se tornar presidente. Os promotores voltaram ao caso depois que sua presidência rochosa terminou.

Zuma, que assumiu o cargo em 2009, renunciou em 2018 sob pressão de seu partido no Congresso Nacional Africano, após protestos públicos generalizados por alegações separadas de má administração e corrupção que impactaram empresas estatais.

Estima-se que a corrupção tenha custado à África do Sul bilhões de dólares.

A África do Sul e sua economia, as mais desenvolvidas na África Subsaariana, têm se esforçado para se recuperar sob o sucessor de Zuma, o presidente Cyril Ramaphosa, que pediu desculpas pela má gestão passada e prometeu reformas que alguns críticos dizem que estão por vir.

Leia Também  Incêndios em Valparaíso: dezenas de casas destruídas na cidade chilena

Os escândalos alimentaram indignação e também prejudicaram gravemente a reputação da A.N.C., que governou a África do Sul desde que o sistema severo de governo da minoria branca conhecido como apartheid terminou em 1994.

Os escândalos também prejudicaram gravemente a confiança dos investidores.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *