Professor de língua chinesa é liberado da detenção

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

[ad_1]

Um professor de direito chinês que denunciou as duras políticas do Partido Comunista sob Xi Jinping foi libertado no domingo, uma semana depois que a polícia o levou embora, disseram duas pessoas familiarizadas com o professor.

O professor, Xu Zhangrun, da Universidade Tsinghua, em Pequim, tem sido um dos poucos acadêmicos chineses dispostos a criticar aberta e sem rodeios o governo chinês. Em dois ensaios este ano, ele disse que o atraso e a prevaricação oficiais provocaram o surto de coronavírus que surgiu na China no final do ano passado.

“Quando as decisões levam ao fracasso das políticas, não apenas o curso deve ser corrigido, mas os responsáveis ​​devem reconhecer seus erros, apelar com toda humildade ao perdão público e ser responsabilizados”, escreveu o professor Xu em um ensaio em maio, segundo uma tradução de Geremie R. Barmé, uma sinologista australiana.

O professor Xu, 57 anos, atraiu a atenção generalizada em 2018 por um longo ensaio que lamentava a vez cada vez mais autoritária da China sob o comando de Xi, líder do Partido Comunista. Logo após tomar o poder, Xi lançou um esforço para desacreditar idéias liberais, como direitos humanos universais e limites constitucionais ao poder partidário.

O professor Xu foi impedido de ensinar e pesquisar na Universidade Tsinghua no ano passado, reduzindo drasticamente sua renda, e ele foi alertado sobre suas críticas ao governo chinês. Mesmo assim, ele continuou a escrever ensaios apaixonantes que foram publicados no exterior e disse a amigos que aceitava a possibilidade de detenção.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

A polícia levou o professor Xu de sua casa, no norte de Pequim, na segunda-feira, e amigos disseram que os policiais o acusaram de usar prostitutas enquanto viajava pelo sudoeste da China, acusação que os amigos chamaram de calúnia maliciosa. A detenção provocou críticas generalizadas no exterior, inclusive do governo Trump e da União Europeia.

Leia Também  Seu briefing de quinta-feira - The New York Times

“Estamos profundamente preocupados com a detenção do professor Xu Zhangrun pela RPC por criticar os líderes chineses em meio a controles ideológicos mais rígidos nos campus universitários da China”, disse Morgan Ortagus, porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, no Twitter, referindo-se à República Popular da China. .

Duas pessoas familiarizadas com o professor e sua família disseram que ele voltou para sua casa no domingo de manhã. Ambas as pessoas pediram que seus nomes não fossem usados, citando medo de recriminação pelas autoridades chinesas.

A polícia de Changping, distrito norte de Pequim, onde o professor mora, não confirmou sua libertação, assim como não confirmou sua detenção na semana passada.



[ad_2]

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *