Coronavírus: tripulação em navio de cruzeiro atingido por vírus autorizada a desembarcar no Uruguai

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Desembarque de tripulantes

Direitos autorais da imagem
Getty Images

Legenda da imagem

Membros da tripulação estão a bordo há quase dois meses

Membros da tripulação do navio de cruzeiros atingido por coronavírus Greg Mortimer foram autorizados a desembarcar no Uruguai, depois de quase dois meses no mar.

Dos mais de 60 tripulantes, 36 deram positivo para o vírus.

Os passageiros do navio já haviam desembarcado no mês passado e voaram para casa.

Enquanto isso, dois tripulantes ficaram gravemente doentes com o Covid-19 e foram hospitalizados. Um, que era das Filipinas, morreu mais tarde. O outro se recuperou e foi levado de volta para a Polônia.

Após o desembarque na terça-feira, os tripulantes que deram positivo foram levados para um hotel em Montevidéu para ficar em quarentena, enquanto os outros foram levados para um hotel separado na cidade.

Direitos autorais da imagem
Getty Images

Legenda da imagem

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Dos mais de 60 tripulantes a bordo, 36 deram positivo para o coronavírus

O Greg Mortimer, de propriedade da empresa australiana Aurora Expeditions, levava mais de 200 pessoas para a Antártica, Geórgia do Sul e Ilha Elephant – mas a turnê foi cancelada em 20 de março.

Isso ocorreu porque os países sul-americanos mais próximos – Argentina e Chile – fecharam suas fronteiras e impuseram bloqueios.

Finalmente ancorou em Montevidéu em 27 de março, mas não foi autorizado a atracar no porto até 10 de abril.

O ministro das Relações Exteriores do Uruguai, Ernesto Talvi, disse que era necessário permitir o desembarque da tripulação porque as pessoas infectadas pelo vírus não estavam se recuperando.

“Se não os removermos, eles não vão se curar”, disse ele no porto. “Tomamos a decisão de desembarcar, tomando todas as medidas de saúde para os cidadãos”.

Talvi acrescentou que nenhuma das 36 tripulações que apresentaram resultado positivo estava apresentando sintomas e que o navio seria completamente desinfetado.

Os hotéis em que a tripulação ficará em quarentena estão fechados ao público e estão sendo supervisionados pelo Ministério da Saúde. A tripulação não poderá sair de seus quartos e realizará exames de saúde diários.

Após duas semanas, pessoas sem sintomas e com resultados negativos poderão deixar o Uruguai em voos comerciais.

Outros 20 tripulantes permanecem a bordo, no entanto, porque são considerados essenciais para a segurança do barco. Todos eles testaram negativo para o vírus.

Se eles ainda apresentarem resultados negativos “em duas ou três semanas”, o barco navegará para Las Palmas, na Espanha, disse Talvi.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br
Leia Também  Perspectivas pessimistas na Rússia diminuem o investimento e a economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *