Coronavírus, petróleo, Dia da Terra: seu briefing de quarta-feira

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


(Deseja receber este resumo por e-mail? Aqui está a inscrição.)

Bom Dia.

Estamos cobrindo a suspensão temporária de novos cartões verdes nos EUA, a ameaça que a pandemia de coronavírus representa para a indústria petrolífera americanae o 50º aniversário de Dia da Terra.

Outro ângulo: Dois novos estudos usando testes de anticorpos para avaliar quantas pessoas foram infectadas aumentaram números maiores do que esperavam alguns especialistas.

Instantâneo: Acima, o mico-leão-dourado, que vive apenas no Brasil. Hoje existem cerca de 2.500 micos-reais na natureza, e os conservacionistas esperam garantir a sobrevivência dos macacos. expandindo o habitat natural.

Em termos gerais, o que mudou desde 1970?

O ar sobre os EUA é muito mais limpo, assim como a água que bebemos na maior parte do país. Não usamos DDT ou amianto. Mas outras ameaças surgiram. A maior delas – a questão que não estava realmente no radar para a maioria das pessoas em 1970 – é a mudança climática. As evidências científicas cresceram e o consenso científico aumentou, e agora reconhecemos que existem ameaças que são mais fundamentais e, em última análise, mais prejudiciais do que jamais sabíamos há 50 anos.

Leia Também  Kim Jong-un: Não há sinais de cirurgia cardíaca, diz inteligência sul-coreana

Com a crise do coronavírus dominando nossas vidas, o Dia da Terra é relegado a um evento de segunda camada este ano?

É tudo menos de segunda camada, mas é virtual. Você não tem milhões marchando nas ruas, mas existem atividades em todo o mundo. Jovens grevistas do clima estão se manifestando. Os equivalentes modernos dos “teach-ins” de 1970 estão acontecendo online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *